Na tarde desta segunda-feira (12), o Sindicato da Indústria Florestal da Região de Curitibanos (Sifc), esteve realizando a entrega das Máscaras Face Shield ao setor da saúde do município.

- Nós do Sifc ficamos gratos de poder contribuir com a área da Saúde num momento tão difícil para todo mundo. Essa doação é uma contribuição que o Sifc dedica a esses profissionais que estão na linha de frente nessa batalha contra o Covid-19 e que prestam um serviço grandioso ao nosso município – Declarou o presidente do Sifc, Luiz Fernando Brocardo.

A Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC), doou 100 máscaras para Curitibanos, sendo 50 ao Hospital Regional Hélio Anjos Ortiz e 50 ao Sifc.

As máscaras recebidas pela Fiesc, o Sifc doou para a Secretaria de Saúde, Corpo de Bombeiros e Samu do município.

Nesta quarta-feira (13), o Sindicato da Indústria Florestal de Curitibanos (SIFC) recebeu da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC)50 máscaras de dupla proteção (face shields) para doação. Na mesma oportunidade a Federação também realizou a entrega da mesma quantidade ao Hospital Hélio Anjos Ortiz.

Com o decreto do Governo de Santa Catarina e também da prefeitura de Curitibanos que determina o uso obrigatório de máscara para toda a população, como forma de prevenção contra a Covid-19, na tarde desta segunda-feira (11), o Sindicato da Indústria Florestal de Curitibanos (SIFC), fez a entrega de 500 máscaras que serão distribuídas para a população carente do município.

 

Com a pandemia causada pelo novo coronavírus, a indústria foi obrigada a reduzir sua produção como medida de segurança e muitas informações desencontradas acabaram deixando o setor vulnerável. Nesse período, o Sindicato da Indústria Florestal de Curitibanos (SIFC), não parou suas atividades e intensificou seu cronograma de reuniões com a FIESC que foram realizadas online, buscando orientar seus associados.

Há pouco mais de um mês o setor foi obrigado, via decreto do Governo do Estado, a reduzir em 50% o número de funcionários trabalhando devido a pandemia do Covid-19. Mas, nesta segunda-feira (27) em novo decreto já publicado no Diário Oficial do Estado, todas as indústrias foram liberadas para voltarem a operar com 100% de seus funcionários.

Como principal representante da indústria na região, o Sindicato da Indústria Florestal da Região de Curitibanos (SIFC) atendendo as solicitações de seus associados, está encaminhando para o deputado Nilso Berlanda e a Fiesc, um ofício onde explica a situação do setor com o decreto do governador. Conforme o documento, a indústria da madeireira deve ser considerada serviço essencial, uma vez que o segmento está envolvido em todos os produtos essenciais, dentre eles, estão embalagens, a biomassa na geração de energia e até o papel higiênico, entre outros tantos que são fundamentais para a vida da população.

Análise realizada pelo Observatório da entidade revela que houve ainda retração de R$ 3,4 bilhões na produção industrial, diminuição de R$ 3,1 bilhões nas vendas no mercado interno e redução de R$ 327 milhões nas exportações industriais do estado. O levantamento mede os impactos após o início do período de isolamento.

O Sindicato da Indústria Florestal de Curitibanos esteve reunido com autoridades da região e entidades na tarde desta quarta-feira (18) para alinhar um protocolo comum e uniformizar as informações em relação ao Coronavírus.

Contato


captcha
Powered by BreezingForms

Localização

 

Avenida Salomão Carneiro de Almeida, 388 - Sala 56.
Centro - 89520000
Curitibanos - Santa Catarina

Fone: (49) 3241-1338 / (49) 98423-8512