Na tarde desta segunda-feira (23), o Sindicato da Indústria Florestal de Curitibanos (SIFC) e o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e Mobiliário de Curitibanos, estiveram reunidos para retomar as negociações da Convenção Coletiva de Trabalho 2022/2023 que foram iniciadas em abril.

Durante a reunião foi acordado entre os sindicados o novo percentual de reajuste do salário normativos e demais faixas tendo como base o reajuste o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Desta forma, ficou estabelecido da seguinte forma:

- Para os trabalhadores nas indústrias de serrarias, carpintarias, tanoarias, madeiras compensadas, aglomerados e chapas de fibra de madeira, o Piso Salarial passará a ser de R$1.472,05 (um mil quatrocentos e setenta e dois reais e cinco centavos);

- Para os trabalhadores nas indústrias de marcenarias e móveis com predominância em madeira, o Piso Salarial passará a ser de R$1.502,05 (um mil quinhentos e dois reais e cinco centavos).

- Para as demais faixas ficou estabelecido da seguinte forma: a) Para salários até R$ 6.000,00 (seis mil reais) o reajuste será de 12,47%; b) Para salários acima de R$ 6.001,00 (seis mil e um reais) o reajuste será de 10% (dez por cento).

Em relação as cláusulas, houve uma complementação no segundo parágrafo da Cláusula Oitava (Prêmio Decenal), ficando estabelecido a redação da seguinte forma: “Em caso de previsão legal futura de benefício idêntico ao ora estipulado, a obrigação do pagamento desde, deixa de existir, como por exemplo o programa de participações nos lucros e resultados (PRL)”. As demais cláusulas permaneceram inalteradas.

O acordo está assinado e registrado em ata e a convenção será encaminhada para o sistema de homologação, sendo disponibilizada posteriormente no site do SIFC. Maiores informações poderão ser encaminhar via whatzapp (49) 98423-8512.

– Estamos hoje em mais um momento significativo para nossos associados, realizando novo reajuste salarial para nossa classe que tanto contribui para economia local, regional e estadual, por mais que estejamos saindo de um momento delicado da economia, nós como entidade estamos pensando no futuro e trazendo um reajuste justo e digno para nosso setor – Declara o presidente o SIFC, Luiz Fernando Brocardo.

Confira a Ata do acordo

https://sifcuritibanos.com.br/images/sifcuritibanos.com.br/CCT/ATA_DA_REUNIO_TRATATIVAS_DAS_NEGOCIAES_COLETIVAS_2022-2023.pdf