FIESC         CIESC         SESI       SENAI      IEL

 

A cada dia inovações estão sendo introduzidas visando melhor aproveitamento desta espécie.

Entretanto, a necessidade crescente da indústria está projetando aumento no corte e consumo, o que incentiva o plantio desta espécie, como um bom negócio.

 

Otacílio Costa sedia nos dias 29 e 30 de abril o Fórum Brasileiro do Pinus, com foco no incentivo ao fomento florestal, especialmente em pequenas e médias propriedades.

Na tarde desta terça-feira (19) diretores do Sindicato da Indústria Florestal de Curitibanos (SIFC), receberam a visita da gerência de suprimentos do grupo Klabin.

Na manhã desta quarta-feira (13), o presidente do Sindicato da Indústria Florestal de Curitibanos (SIFC), esteve presente no estúdio do Via Pública TV participando do release da manhã com o apresentador Samuel Ferreira. No encontro, Brocardo falou sobre a importância do setor industrial florestal e os trabalhos frente ao sindicato.

Buscando ampliar os benefícios ofertados aos seus associados, o Sindicato da Indústria Florestal de Curitibanos (SIFC), firmou convênio com o Centro Universitário Cidade Verde (UniFVC), estendendo também as vantagens e oportunidades para os colaboradores e seus dependentes.

O Sindicato da Indústria Florestal de Curitibanos (SIFC), há mais de 25 anos vem trabalhando e pensando sempre em prol do seu associado, neste ano firmou três novas parcerias com as empresas Smartt Proteção Veicular, Centro Universitário Cidade Verde (UniFCV) e Amigo Vida Análise Ambientais que trazem novidades e inúmeros benefícios.

A diretoria do Sindicato da Indústria Florestal da Região de Curitibanos (SIFC) esteve reunida na tarde da última quarta-feira (09), para definir o planejamento da entidade e a programação da reunião de trabalho que reunirá os associados.

A Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) e o Sindicato da Indústria da Madeira de Caçador (SIMCA) lançaram, na quinta-feira, 3, o Tratado para Excelência da Indústria Madeireira (TEM), que tem o objetivo de promover a competitividade do segmento. Na fase inicial, a iniciativa terá três pilares: a elevação da escolaridade básica, a qualificação profissional e o fortalecimento da indústria madeireira.

No mesmo ato, foi lançada a segunda onda da Campanha de Valorização do Setor da Madeira, cujo foco é mostrar a força do segmento para o município de Caçador. Participaram da atividade gestores empresariais e de recursos humanos, diretoria e associados do Sindicato da Madeira, representantes de entidades e instituições, além de colaboradores do SESI, SENAI, IEL e da vice-presidência regional da FIESC.